terça-feira, 29 de setembro de 2009

Botecagi? Sim! Começa o Boteco Bohemia 2009

Se você é da botecagi como eu com certeza sabe o que é o Boteco Bohemia. Mas se você não sabe (te desprezo) eu explico. É tipo uma maratona da cerveja que dura um mês e não coincidentemente inclui 31 botecos da cidade. No caso, falo de SP. A idéia é eleger o melhor petisco de boteco da cidade por juri popular. E é aí que a gente entra. Temos a árdua tarefa de passar 31 dias de bar em bar, beber, cair, levantar e votar nos pistixcos. Todo ano eu participo na medida em que o bolso e o figo aguentam.

E daí que agora em outubro começa a maratona de novo, já no dia 01/10. E eu vou tentar acompanhar e dividir aqui as receitas dos petiscos com vocês. Pelo menos algumas (Afinal, são 31 bares né?). De saída segue uma que eu já provei no lançamento da Caravana Boteco Boehmia e achei bem digna. Tipo uma releitura (Há!) do bolinho de arroz! Pois é, esse ano a coisa tá mais chique, os pistixcos foram criados exclusivamente para o concurso e avaliados em teste cego por uma banca examinadora. E a voialice* chegou à botecagi.

Bolinho de Arroffles
Dois bolinhos de arroz acompanhados de molho de tomate meio picante (beeeem suave).

Ingredientes

Massa:
200gr. De mandioquinha
400gr. De arroz
100gr.De Parmesão ralado
4 colher de sopa de creme de leite
1 colher de sopa de caldo de galinha
20 gr de batata ruffles cebola e salsa
1 colher de salsinha

Recheio:
Carne Seca desfiada e Temperada
Parmesão ralado
Pimenta biquinho

Preparo
Amasse bema mandioquinha já cozida, misture com o arroz, salsa, caldo de galinha e o creme de leite, por último o parmesão e a batata rufles. Faça bolas e abra em círculos. Depois, recheie com a carne seca, a pimenta biquinho e o parmesão. Frite em óleo bem quente. Deve render um 4 bolinhos grandes (de 220gr).

*voialice (do francês voilá! Lê-se voalice): requinte, finesse, garbo e elegãncia. Coisas que você, gente fina, elegante e sincera, tem.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Creme de mandioquinha ultra light


Hoje caiu o mundo em SP e no meio do caos o que todo ser na cidade quer é chegar em casa e ficar em paz. Pois é, eu tive essa sorte e cheguei relativamente cedo. E com chuva nada mais justo do que uma sopinha rápida e leve pra dormir gostoso depois. Com vocês o creme de mandioquinha ultra light. Porque eu tô de dieta.

Ingredientes
Umas 5 mandioquinhas (ou batata barôa)
Alho
Sal
Cheiro verde
Pimenta
Iogurte desnatado

Preparo
Junte em uma panela a mandioquinha, o alho, uma pitada de sal e talos grandes de cheiro verde. Cozinhe até amolecer. Retire os talos de cheiro verde os dentes de alho e bata no liquidificador com parte da água do cozimento até obter uma mistura homogênea e bem cremosa. Volte para panela e deixe ferver, se estiver muito líquida ferva por mais tempo para reduzir. Depois coloque umas duas conchas do creme no liquidificador e coloque o pote de iogurte desnatado e bata até ficar bem cremoso. Misture na panela com o restante da sopa. Confira o sal e a pimenta.
Sirva com cheiro verde picado, parmesão e croutons. Géliça e beeem leve!

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Phina, elegante e sincera

Ontem tive um momento gente fina, elegante e sincera. Fui convidada para o encontro de degustação Blogs com vinho na Vinea Store, com apoio da revenda online Wine. Pois é gente, fiz a phina e tomei vinho como gente grande.

Saboreamos três tipos diferentes de vinho:

Prosecco Incontri VSAQ Pera Martellozzo (Vêneto, Itália) e os argentinos (de Mendonza) Terra Chardonnay 2008 Viniterra, Viniterra Carmenère 2006 e Dolcissimo Late Harvest Viniterra.

Durante o evento recebemos várias dicas sobre vinhos e ficamos sabendo que muita coisa que se diz por aí nos cursinhos péla saco não passa de firulas. Como por exemplo, o truque de observar as lágrimas escorrerem pela taça para ver a densidade do vinho. Ok, você pode até fazer isso, mas não significa absolutamente nada. Outra coisa é girar a taça para que o líquido libere o álcool. Oee, são mais de 13% de teor alcoólico, mesmo que você gire a taça até seu braço cair, o álcool e seu cheiro permanecerão na bebida.

Viu que só aprendi bobegem, né? Mas é aí que você se engana. Para acompanhar os vinhos serviram um "risoto ao funghi" de morrer tudo a ver com o Viniterra Carmenère. E de sobremesa serviram o que pra mim, sempre foi e sempre será, a "torta de bolachas na manteiga com nozes da minha vó", que arrasou com Dolcissimo Late Harvest Viniterra. E eu já tratei de aprender as receitas e vou compartilhar aqui pra você sair por aí fazendo o phino também. #ficadica

Risoto de funghi
Ingredientes
20g de funghi secchi
1/2 xícará de vinho branco seco
1 xícará de arroz para risoto (arbório)
3 xícará de caldo de carne fervente
2 colheres de manteiga
1/2 cebola média picadinha
1/4 xícará de queijo parmesão ralado

Preparo

Lave e hidrate o funghi uma meia hora antes de começar a fazer o arroz. Cubra com água e deixe descansar uns 30 minutos, escorra e reserve o líquido. Corte os cogumelos em tiras. Aqueça 3 xícara de água para derreter o caldo de carne. Pode juntar também aqui o caldo funghi.

Em outra panela derreta a manteiga e junte a cebola (opcional). Quando a cebola estiver começando a dourar, acrescente os pedacinhos de funghi e misture para incorporar. Junte o arroz e deixe no fogo até esbranquiçar. Coloque o vinho e deixe secar um pouco.

Vá acrescentando o caldo de carne com funghi aos poucos no arroz. Concha por concha, a medida que o líquido for sendo absorvido pelo arroz. Sempre mexendo. Deixe o risoto no fogo até que o arroz esteja cozido, mas al dente. Retire do fogo, coloque o restante de manteiga, salpique o parmesão e voilá!



Torta de bolachas na manteiga com nozes da minha vó
250g de manteiga sem sal
2 copos de açúcar
1 colher (sopa) de essência de baunilha
3 gemas
1 copo de nozes picadas ou trituradas
2 caixinhas de creme de leite
2 pacotes de bolacha tipo maisena
1 lata de leite condensado

Preparo
Cozinhe o leite condensado na panela de pressão por 15 minutos depois que começar a chiar. Na batedeira bata a manteiga, o açúcar as gemas e a baunilha até formar um creme esbranquiçado. Junte o creme de leite e misture delicadamente. Acrescente as nozes. Em uma travessa de vidro untada coloque uma camada de bolachas umedecidas no leite e depois uma camada de creme. Repita as camadas até que a última seja a do creme. Depois cubra com o leite condensado cozido e decore com o restante das nozes. Deixe na geladeira por 12 horas antes de servir. Tem gente que faz em forma de fundo falso pra desenformar depois. Mas dá um trabaaalho.


Convenci? Não, né?

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Arroz com brócolis e uvas passas



Essa receita foi inventada pela dona Neuza, minha mãe. Fica uma delícia para acompanhar assados em geral. Sem contar que é ideal para reaproveitar o arroz de ontem, anteontem e até o congelado do mês passado. Há!

Ingredientes:
Arroz pronto
Margarina/manteiga
Brócolis (fica melhor com op tipo couve)
Sazon para saladas
Uvas passas (gosto mais da neguina)
Alho
Cebola
Sal
Preparo
Pique brócolis bem pequenininho e refogue na manteiga com alho e cebola. Coloque o Sazon (a gosto). Depois jogue o arroz e misture com um garfo para não virar um bloco. Não deixe cozinhar. Afinal, não tem mais nada cru ali. Acrescente as passas e sirva. ANIMAL!

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Torta de legumes



Fiz essa receita pra levar pro LuluzinhaCamp. Fiquei super com medo de sobrar pq a mulherada lá é foda de boa nos quitutes. Só tem coisa géliça. Mas não é que fez sucesso e voltei com tupevari vaziinho!? Depois dessa aprovação só me resta compartilhar. A foto tá pior que as de costume, fiz na pressa.
Ingredientes
Massa
2 e meia xícaras de farinha de trigo
1 ovo
150 gr (duas colheres bem gordas) de manteiga temperatura ambiente
1 pitada de sal
I colher de fermento em pó químico

Recheio

Alho poró
Brócolis
Cenoura ralada
Abobrinha ralada
Folhas de cenoura picada
Caldo de legumes
Alho
Pimenta dedo de moça
Creme de leite ou leite
Manteiga
Amido de milho
E qualquer outro legume que você goste e tenha em casa.

Preparo

Misture os ingredientes da massa, menos a farinha. Depois vá acrescentando o pó aos poucos até que a massa fique homogênea e firme, desgrudando da mão facilmente. Essa é muito, mas muito fácil. O segredo é colocar a farinha em partes até achar o ponto. Abra a massa numa forma de fundo falso cobrindo as bordas e leve ao forno médio para pré assar, por uns 30 minutos.

Enquanto isso, prepare o recheio. Pique o brócolis em pedaços pequenos e refogue no alho amassado junto com o alho-poró picado em rodelas, a abobrinha e a cenoura raladas e os ramos da cenoura picados. Coloque a pimenta picada, mas sem a semente, se não gosta de muito picante.

Para dar aquela cremosidade coloque umas três partes de creme de leite ou de leite, mesmo se quiser mais magro. Pode misturar um pouco de amido de milho em dois dedos de leite pra dar uma engrossada no molho. Acrescente o caldo de legumes, confira o sal e pronto. Despeje sobre a massa. O ideal é cobrir com uma camada fina de massa. Ou pelo menos com tira grossas.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Quiche de queijo



Massa
2 e meia xicaras de farinha de trigo
1 ovo
150 gr de manteiga temperatura ambiente
1 pitada de sal

Recheio
3 ovos, ou 4 se forem muito pequenos
Noz-moscada
Fermento em pó químico
Queijo ralado de todos os tipos que você tiver na vida e couber na forma.

Preparo

Misture a farinha, a manteiga (ou margarina), o ovo e o sal até que a mssa adquira consitência e desgrude dos dedos com facilidade. O ideal é que a manteiga em temperatura ambiente para aderir melhor a massa. Abra a massa numa forma de fundo removível, subindo um pouco nas bordas. Eu gosto dela bem fina. Leve ao forno para assar por uns 20 min.

Enquanto isso, prepare o recheio. Quebre os ovos numa tigela e bata. Acrescente sal, noz-moscada e bata bem. Se tiver ajuda mecânica (betedeira ou liqui) melhor ainda. Por último acrescente um pouco de fermento em pó químico (uma colher de café).

Pegue a forma com a massa pré-assada, coloque o queijo ralado e a mistura de ovos sobre como cobertura. Se quiser, pode acrescentar mais queijo ralado em cima que fica bem bom.

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Fusili com legumes


E ai você abre a geladeira e tem algumas folhas, um teco de bacon e ovos. Que vida triste! Nãaao. Se tiver alguma massa, você tem um jantar!

Ingredientes
Brócolis
Alho poró
Bacon
Ovos
Alho
Pimenta dedo de moça
Massa fusili
Caldo de legumes

Preparo
Coloque a água da massa para ferver em uma panela. Em outra, tipo frigideira, coloque um fio de óleo (pouco mesmo), frite bacon até dourar, acrescente o alho picado nela, deixe dourar. Corte o alho poró em rodelas e junte ao refogado. Acrescente os brócolis picados em pequenos pedaços. Se tiver caldo de legumes coloque. Por último, coloque os ovos, dois são suficientes para meio pacote massa. Mas se você ama ovo, manda bala. Mexa os ovos para que fiquem mexidos, há! Reserve.
Ponha a massa para cozinhar, por uns 5, 7 min. Não precisa muito mais que isso. Escorra e misture ao refogado. Lindo! Sirva-se. Eu, como amo queijo, sempre que possível acrescento um parmesão ralado na hora de comer. Porque né gente? Qualquer ser humano que se preze tem parmesão em casa!