quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Farofinha de pupunha com ovo amigo!


Essa eu comi nas andanças da vida. A receita original é da chef Ana Luiza Trajano, do Brasil a Gosto, uma delícia. Mas como desaforada e fominha que sou, adaptei a receita pra minha culinária de guerrilha, acrescentando ele, o único, o magnânimo: OVO AMIGO!

Ingredientes

100g de palmito pupunha
80g de cebola
50g de manteiga sem sal
100g de farinha de mandioca
150g de farinha de milho amarela
2g de mix de pimenta moida do tipo reino
10g de sal
2 ovos
Cebolinha verde picada

Preparo
Refogue a cebola cortada em fatias bem fininhas na manteiga, acrescente o palmito e, por último, as farinhas, o sal e a pimenta. Em outra panela faz os ovos mexidos só com sal e pimenta. Depois junte à farofa e acrescente a cebolinha. Serve pra acompanhar carnes, aves e peixes. Mas eu mesma comi pura e morri de amores.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

KEBAB = BABEK


Adoro trocadilhos infames, por isso, de saída já gostei da aula que tive de kebabs no Babek. Ambiente descontraente em Moema, com comidinha boa, kebabs pra todos os gostos. Proveio o de cordeiro e o de falafel. Muito bons.

E como a gente não é de ferro vou compartilhar com vocês as receitinhas que são possíveis de fazer em casa aqui.

Para montar um kebab de respeito você precisa essencialmente de pão folha e homus. O pão folha dá pra comprar em padocas boas e casas especializadas em produtos árabes. Ele serve não só pra kebabs, mas pra diversas outras receitas. Num futuro próximo eu ensino aqui a pizza enrolada de pão folha que eu fiz outro dia. Sucesso! Por hora, vamos manter o foco.


Homus

Ingredientes

Grão de Bico
Tahine
Coalhada
Iogurte Natural
Pimenta Síria, Pim. Reino
Azeite

Preparo
Cozinhar o grão de bico até amolecer (40 minutos na panela de pressão), Centrifugar ainda quente para ficar cremoso. Acrescentar Coalhada, Iogurte e o Tahine. Colocar Azeite, Pimenta Síria e do Reino e Sal a gosto
_______________________________________________________

Falafel
Ingredientes

Grão de Bico
Tahine
Pimenta Síria, Pim. Reino
Azeite
Salsinha
Cebola Picada
Coentro e Cominho em Grão moído
Cravo da Índia e Canela

Deixar o Grão de Bico Hidratando por 24hs. Centrifugar até virar um farelo. Adicionar Salsinha e a Cebola Picada. Adicionar os Temperos. Enformar os Bolinhos e Fritar. Dá pra comer puro como pestisco.
_______________________________________________________

Kebab de Cordeiro

Ingredientes para o espeto
Paleta De Cordeiro
Capa de Filet
Cebola
Salsinha
Pimenta Síria e do Reino
Cominho e Coentro em Grãos
Cravo da Índia e Canela

Preparo
Cortar a Paleta e a Capa de Filet em Bifes finos. Marinar as carnes por 8 horas com os Temperos e Condimentos. Moer 2Kg. Montar o Espeto Intercalando Bifes e Carne Moída. Queimar lentamente e ao atingir o ponto fatiá-lo. Aqui o ponto é mais pra bem passado.

Para montar o Kebab
Ingredientes
Pão Lavosh (Folha)
Alface Romana
Pepino Comum ou Azedo (picles)
Repolho Roxo
Tomate Salada
Homus
Tahine

Preparo
Dobrar o pão ao meio e aparar as bordas. Passar a pasta de Homus. Adicionar os Tomates, Pepino e o Repolho. Adicionar o Cordeiro. Regar com Tahine. Colocar a Alface Romana aberta por cima. Enrolar o Kebab. Chapeá-lo rapidamente. Eu sou a louca do recheio cheio, mas cuidado. O pão folha é beeem fininho. Se você lotar muito ele rasga. Então menos emoção. Inclusive na hora de lambusar do homus. Porque ele também pode umidecer muito o pão e rasgá-lo.

Ps.: nem todo mundo tem um espeto desses de churrasco grego em casa, né? Aliás, não conheço ninguém que tenha.Por isso, você pode tentar outras forma de preparar o cordeiro assado ou ir lá no Babek e mandar ver nele pronto.


Eu e minha criação, sucesso!

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Resultado do sorteio: Winter Festival Sopas & Vinhos

Essa sexta foi ridiculamente cheia. Tô pintando o apê e minha casa parece a Faixa de Gaza. Por isso não consegui passar antes para dar uma satisfação pra vocês. Mas a real é que o ganhador, ou melhor, ganhadora, já sabe que ganhou e já deve até ter tomado sua sopinha com vinho em algum cantinho gostoso da cidade.

Mas vamos à auditoria. Quem ganhou foi a Greice Munhoz, uma leitora assídua do blog. O sorteio foi feito por ordem de comentários no Random.org. Segue o print:

Agradeço a todos os meus colegas de trabalho pela participação e prometo trazer sempre biscrocs pra vocês!

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Promoção: Winter Festival

Todo mundo sabe que eu DES.TES.TO. frio logo, passo o inverno inteiro tentando fugir dele ou, pelo menos, amenizá-lo. E uma das minhas táticas e mandar ver em sopas de mil tipos. Por isso, quando recebi esse convite achei digno aceitar e ainda compartilhar com vocês.

Trata-se do Winter Festival Sopas & Vinhos: festival que reúne diversos restaurantes da cidade com propostas de sopas diferentes combinadas a vinhos. Já começou e vai até o domingo, 1º de agosto. Por isso #corrão!

As sopas especialmente criadas para a ocasião são servidas tanto no almoço, quanto e no jantar por cada um dos chefs das casas participantes. Serão servidas
harmonizadas com uma taça de vinho, em um bowl exclusivo, que poderá ser levado pelo cliente para casa. A brincadeira sai a um custo fixo de R$ 24. Confira a lista das casas participantes:www.winterfestivalsp.com.br.

Mas como a coisa aqui é melhor do que se imagina, se você é de São Paulo, deixe um comentário que até sexta eu vou sortear um voucher para você e um acompanhante degustar uma das sopas em um dos restaurantes.

Serviço:
Winter Festival Sopas & Vinhos:
Quando – De 23/07/10 a 1º/08/10
Preço - Combo sopa + 1 taça de vinho harmonizada + 1 bowl exclusivo by Isabela
Capeto - R$ 24,00
Site oficial - www.winterfestivalsp.com.br.

A minha eleita é essa aqui até agora: CREME KNORR VITALIE DE CENOURA E ABÓBORA COM CARNE SECA E QUEIJO do Colher de Pau

sexta-feira, 2 de julho de 2010

#RangoCamp: petit gateau de pequi

O prato montado por Chef a Porter e clicado por Gabi Butcher

Pois é. Tô há muito sem postar. Isso porque estou as voltas com a produça do novo layout desse cafofo amigo. Mas decidi voltar porque não é justo ficar guardando pro corpo tudo que tenho feito (tá rolando tanta coisa legal). E minha alma de repórter prefere morrer a não reportar. Então bora falar do RangoCamp.

Pra quem não sabe o RangoCamp é um guéri-guéri que junta blogueiros de comida em torno do que eles mais gostam: comida! É uma verdadeira suruba gastronômica. Todo mundo cozinha e todo mundo come. A primeira edição rolou no domingo, 27/06, e foi fodástico de bom. Um dia inteiro cozinhando com gente querida e comendo coisas gostosas. Pra complatar teve degustação de brejas e de cachaça. Coisa linda!

Minha contribuição na cozinha foi uma combinação que, a princípio, só fazia sentido na minha cabeça. E no fim das contas até que agradou a geral. Inspirada pelo petit gateu de tomate da Morena Leite que eu já apresentei aqui pra vocês eu inventei o petit gateau de pequi (que eu também já falei aqui). Como eu só tenho cara de boba, um dia antes do convescote de comilança eu fiz um teste na minha cozinha. E deu super certo.

E como eu tenho mania de escolher o sapato e depois encaixar a roupa, primeiro defini o acompanhamento e só depois pensei no principal. O resultado foi: petit gateau de pequi, com mexidão de almôndega de linguiça de frango e farofinha de pinhão. E mais uma vez, algo que só fazia sentido na minha cabeça doente, deu certo!
Mas vamos por parte. Primeiro apresentarei o pequeno gato. Depois mando o resto das receitas. Já falei muito.

Ingredientes petit gateau
300 g purê de pequi (tem lá no mercadão ou em qualquer supermercado de respeito em Goiás)
150 g manteiga
5 gemas
10 claras
150 g farinha de trigo
1 pitada de sal


Preparo
Misturar o purê de pequi com a gema e adicionar a manteiga derretida (temperatura ambiente). Acrescentar aos poucos a farinha de trigo peneirada e, por último, juntar gentilmente as claras batidas em neve. Mexer até a mistura se tornar homogênea. Distribuir a massa em forminhas untadas com manteiga e farinha, levar ao forno a 200º por 5 a 7 minutos. O tempo no forno é o mais importante. Se assar muito, vira um bolo e a ideia é ficar aquele creminho por dentro. Juro que fica bão.

Se bem faço, melhor como, bjos. Foto da Dirlene D'Addio

Mais fotos do Rangocamp no flicker da Gabi

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Vencedor da promo mão na massa

Galere, na correria de hoje consegui fazer o sorteio.
A vencedora da Promo Mão na Massa aqui no Sem Medida foi:

Bruna Schmohl Russo
bru.schmohl@gmail.com
Bruna, vou te passar um email com os dados da aula.

Valeu todo mundo que participou!
Bjas!

terça-feira, 25 de maio de 2010

Mão na massa!

Gente, esse blog tá em fase de transição e por isso não tenho postado, mas tive que abrir uma exceção pra presentear vocês que vêm aqui acompanhar minhas presepadas na cozinha.

Seguinte, eu participei de uma aula super PHEEENA com a chef Morena Leite lá no restô Capim Santo. Era uma promo da Knorr Pomarola para o dia das Mães. Fizemos coisas deliciosas que eu pretendo compartilhar com vocês todas as receitas logo menos.

Mas o que eu quero agora é que vocês participem da próxima aula que vai rolar no dia 27/05, das 19h às 22h, no Studio Gourmet Unilever (Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 1309, 1º andar, Itaim Bibi – São Paulo).

Quem vai pilotar o fogão e tentar fazer com que vocês sejam menos estabanados na cozinha é a chef da casa: a queridíssima Marina de Paula. Ela vai fazer miséria com o tema tomates. Vale a pena!

Então, pra participar, deixe um comentário com seu nome e contato que o eu vou sortear amanhã às 17h. Era pra eu ter postado isso antes, mas antes tarde do que mais tarde.


Enquanto isso, fique com o vídeo e a receita do petit gateau de extrato de tomate pelo qual eu fiquei obssecada. Ele é o acompanhamento do escalope. Mas eu amei bem mais ele e esse tem que ter medida.

Ingredientes petit gateau
300 g Extrato de Tomate
150 g manteiga
5 gemas
10 claras
150 g farinha de trigo
1 pitada de sa


Preparo
Misturar o extrato e com a gema e adicionar o azeite. Acrescentar aos poucos a farinha de trigo peneirada e, por último, juntar gentilmente as claras batidas em neve. Mexer até a mistura se tornar homogênea. Distribuir a massa em forminhas untadas com manteiga e farinha, levar ao forno a 200º por 5 a 7 minutos.

Escalope recheado com queijo feta, rúcula e tomate cereja

Ingredientes para o escalope
9 escalopes de filé mignon
30 ml azeite extra virgem
90g queijo de cabra (bolinha)
18 folhas de rúcula
18 tomates cereja
Sal e pimenta do reino a gosto


Preparo
Bater o escalope e temperar a gosto. Misturar a rúcula, cortada em julienne ao queijo de cabra e rechear o escalope com uma colher dessa mistura acrescentando 4 metades dos tomates cereja. Enrolar o escalope como um bife a rolê. Selar os bifes enrolados numa grelha e levar ao forno de 150º por 10 min. Servir cada prato com 3 escalopes e 1 petit gateau.

O vídeo eu robei do Mesa pra 1 da gente em ação:

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Oi Consciência, eu morri?

Não, eu não morri, nem virei anorexica ou ganhei 1 bilhão e fui morar no Caribe. Aliás, ando mais gordinha como jamais estive. E se tivesse ficado rica aí é que ia ter tempo pra blogar.

Mas a questão é que o Sem Medida anda meio abandonado porque tenho trampado muito. Inclusive na revitalização (adoro essa palavra, é tão gov) desse nosso cantinho de gordices.

Portanto, aguardem a nova versão bombada. E pra vocês verem que a coisa é bem séria se liguem no domínio DOT COM. Tá dominado! Geral com um braço só!

Enquanto isso se divirta um pouco com esse vídeo. Essa minazinha é loka.



E esse tb! Um clássico no meu coração:

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Caldinho cura ressaca



Alô você que bebe por esporte. Você que entorna o caneco quando tá feliz, triste ou nude*. Você que bebe no calor pra refrescar e no frio pra aquecer. Você que bebe pra esquecer e esquece mesmo! Essa receita é pra você: um caldinho tradicional do Goiás, uma terra de gente bêbada.

Para os bêbados prudentes a dica é fazer esse caldinho pra tomar entre a bebedeira e sono dos justos. Quando você chega em casa depois do porre, toma e dorme lindamente. Saca o paraíso? Então, ressaca ZERO!

Agora se você é um mané que capotou bêbado e acordou com a boca de quem chupou 22 pares de meias (dos jogadores do Vila Nova depois do prélio contra o Goiás debaixo de chuva no Serra Dourada) pode tentar se salvar com um caldinho póstumo.

Ingredientes
Frango (pode ser uma carcaça ou pedaços incríveis. Mas a presença do osso faz toda a diferença na "sustança" da coisa)
Ovos
Pimenta do reino
Sal
Alho
Cebola
Farinha de mandioca (se não tiver, apele pra de rosca mesmo)
Pimenta biquinho (pq é staile)
Cheiro verde (vale salsa, cebolinha e ou coentro)
Milho verde (se quiser)

Preparo
Coloque o frango pra cozinhar na água já com os temperos: sal, pimenta, alho, cebola picadinha. Depois de cozido, retire o frango para desossar e reserve o caldo do cozimento. Descarte os ossos e desfie bem a carne do frango. Volte a carne desfiada para o caldo, coloque a panela em fogo médio e vá acrescentando a farinha aos poucos. Atenção, a idéia é dar só uma engrossada e não fazer uma argamassa. Logo, não pese a mão nessa fase. Geralmente para uma panela média de caldo, duas colheres de farinha bastam.

Ainda com a panela no fogo acrescente os ovos. Tipo avonts. A ideia é que eles formem fiozinhos brancos e amarelos boiando no caldo. Para isso, quebre os numa tigela e dê uma mexida de leve, só pra romper a gema. Não bata! Depois misture ao caldo fervente mexendo levemente. Se o milho for em lata é só despejar. Se for milho verde fresco, refogue ele na manteiga separadamente e depois junte ao caldo. Evite que ele cozinhe junto pra não endurecer.

Pronto. Acerte o sal e a pimenta (eu gosto de colocar bastante, pra dar aquela suadinha e ajudar a evaporar todo o álcool). Finalize com o cheiro verde e pimenta biquinho.

Se depois disso você não se sentir melhor, pare de beber.

PS.: demorei, mas voltei. Beijos e um 2010 bem gordo e suculento pra todos vocês que dão atenção às minhas presepadas na cozinha. Amo!